O Baço pela visão da Medicina Tradicional Chinesa - O Sol Interior®
baço

O Baço pela visão da Medicina Tradicional Chinesa

Olá, hoje vamos voltar falar sobre a importância de um órgão, pela visão da Medicina Tradicional Chinesa. Hoje vamos falar do Baço.

Pela Medicina Tradicional Chinesa, os órgãos têm determinadas propriedades energéticas, como vamos ver a seguir. A Medicina Tradicional Chinesa não olha para os órgãos da mesma forma que a Medicina Ocidental.

O Baço

O baço é onde reside o pensamento, governa o transporte e a transformação, controla o sangue, domina os músculos e as quatro extremidades, abre-se na boca e manifesta-se nos lábios. O seu órgão complementar é o Estômago.

O excesso de pensamento danifica a energia deste órgão, podendo trazer diversos problemas físicos e emocionais.

 

Governa o transporte e a transformação.

Uma das funções do baço é o transporte e a transformação dos alimentos e da água e manter a humidade, respeitante ao processo de digestão. Os alimentos e a água são os principais elementos requeridos pelo organismo, sendo o baço o principal órgão responsável pela criação do Qi e do sangue. Quando o Qi do baço é forte, o transporte de alimentos é normal, bem como a digestão. Deficiência de Qi e/ou disfunção neste órgão, provoca falta de apetite, distensão abdominal, má nutrição, etc. O baço transporta o excesso de fluido dos tecidos e dos meridianos e ajudando a eliminá-los, ajudando a manter a humidade natural do corpo e a eliminar o excesso de líquido. Quando esta função falha, poderão haver manifestações de edema, diarreia, fleuma e retenção de líquidos.

A característica do Qi do baço é subir, quando o Qi desce, aparecem sintomas de vertigem, visão nublada, colapso de outros órgãos internos, etc.

Controla o sangue.

O baço é responsável por manter o sangue a circular dentro dos vasos sanguíneos e evita o seu derramamento. Quando este órgão é saudável, há uma produção de sangue forte e o Qi manifesta-se nas funções orgânicas, o sangue fluirá sem anomalias. Se o Qi for débil, o sangue poderá derramar dos vasos sanguíneos e haver hemorragias.

Domina os músculos e as quatro extremidades.

Com a sua função de transporte e transformação, o baço alimenta os músculos e mantém a boa função das quatro extremidades (braços e pernas), se a nutrição for inadequada, os músculos serão débeis e as extremidades não terão força vital.

Abre-se na Boca e manifesta-se nos Lábios

As funções do baço estão relacionadas com a ingestão de alimentos e o sentido do gosto. Estando a funcionar normalmente, haverá um bom apetite e um sentido do gosto pelos alimentos, pelo contrário, um funcionamento deficiente provocará falta de apetite, falta de paladar, sensação de boca pegajosa e retenção de humidade no baço.

Os lábios mostram a condição do baço, quando o Qi é forte, os lábios ficam vermelhos e saudáveis, quando o Qi é fraco, os lábios ficam pálidos e sem vida.

Características principais

Elemento: Terra
Órgão Fu: Estômago
Energia Cósmica: Humidade
Controla: Músculos, Extremidades
Emoção: Excesso de pensamento, obsessão
Expressão: Canto
Contém: Pensamento
Sentido: O Gosto
Órgão sensorial: Boca
Secreção: Saliva
Sabor: Doce
Odor: Perfumado
Cor: Amarelo
Alimento: Centeio, Carne Bovina

 

Iremos continuar a falar sobre a importância energética dos restantes órgãos, pois cada um deles “rege” uma parte de nós, são só fisicamente, mas também emocionalmente.

Até amanhã!

Deixe uma resposta

four × 5 =

*

error: Conteúdo Protegido!